Palavras em inglês

Você já reparou ao ler um cartaz na rua ou um artigo em uma revista que algumas palavras são muito parecidas com palavras inglesas. Ou você já se surpreendeu com a semelhança entre algumas palavras em inglês e vocábulos do português ?

Qual a origem da palavra tênis? E da palavra repórter? Porque futebol tem esse nome? Não poderia se chamar: “bola no pé”? Você já parou para pensar nas palavras de origem inglesa do nosso vocabulário em português? Clube, quitinete, vagão, piquenique, pulôver, iate, lanche, magazine, nocaute, são exemplos de palavras de origem inglesa que encontramos a todo momento nos mais variados meios de comunicação.

A influência e a importância do idioma ocasionaram esses empréstimos da língua inglesa. Os chamados anglicismos ou estrangeirismos incorporaram-se a fonética e a grafia da língua portuguesa e por isso, palavras em inglês, encontram-se presentes em nosso dia a dia. O que é muito bom, pois assim fica mais fácil para aprender o idioma.

É sabido que quanto maior o vocabulário, melhor a comunicação. Frases são formadas por palavras e para nos comunicarmos precisamos de frases. Logo ampliar os seus conhecimentos em inglês aprendendo, diariamente, novos verbos, substantivos, preposições, adjetivos o ajudará, sem dúvida, no desenvolvimento da língua.

Geralmente aprendemos primeiro as palavras que tem mais importância para nosso dia a dia. Assim, se trabalhamos em um restaurante, aprenderemos mais rápido palavras relacionadas a culinária, se lemos um texto para a universidade, aprenderemos as palavras relacionadas ao tema e assim por diante. A motivação é muito importante no aprendizado e não há motivação maior do que a necessidade.

Cada um tem seu modo especial e particular de aprender. Fazer lista de palavras, espalhar lembretes com palavras em inglês pela casa e usar dicionários são meios bons, baratos e até mesmo divertidos para memorizar vocábulos. Contudo, nem sempre possíveis, já que nem sempre temos tempo para escrever lembretes e colocá-los por aí. Além do que, no escritório ou na rua os lembretes não nos ajudariam muito. Dicionários, por sua vez, podem significar um peso extra na bolsa ou na mala e contribuir para as dores na costas.

Por isso, quem precisa de mobilidade e flexibilidade, necessita de outros meios de apoio no aprendizado. Um dos grandes aliados nesta tarefa são aplicativos móveis e a internet. Eles demonstraram ser a melhor maneira de treinar o vocabulário todos os dias pois garantem flexibilidade, agilidade, rapidez, além de diversidade, já que podem armazenar uma infinidade de vocábulos e frases.

Uma rápida consulta em um serviço de busca online e você já sabe o significado da palavra procurada. Um clique aqui e ali e você já está utilizando um recurso online para aprender palavras em inglês. Você aprende de onde estiver, quando quiser e puder, na sala de espera do consultório médico, na pausa para o almoço, durante uma viagem. Você literalmente não perde tempo.

Com um dispositivo conectado a internet você carrega consigo todas as palavras em inglês que precisa e se transforma em um dicionário ambulante pronto para comunicar-se em qualquer lugar e em qualquer situação.